Manual de Epicteto – Enchiridion – 06

VI. Não seja orgulhoso de qualquer conquista que não seja sua. Se um um cavalos fosse orgulhoso e dissesse “Eu sou lindo”, isso seria tolerável. Mas quando você é orgulhoso, e diz ” Eu tenho um lindo cavalo” saiba que você tem orgulho, na verdade, de uma qualidade que pertence ao cavalo. O que, então, é seu? Somente sua reação a aparência das coisas. Portanto, quando você se comportar confortavelmente conforme a natureza em reação a como as coisas aparecem, você terá orgulho razão; pois você terá orgulho de algo bom que é seu.

Opinião – por vezes temos o comportamento de termos orgulho somente de algo quando é nosso, essa necessidade de que o nosso seja melhor do que o do próximo, isso é uma besteira tanto por ser um comportamento infantil quanto pelo fato que aquilo que achamos melhor é simplesmente uma derivação da nossa reação, da nossa percepção sobre aquilo que temos; para outras pessoas o nosso melhor, nosso motivo de orgulho pode ser a maior porcaria do mundo.

N.T: tradução minha a partir do texto de Elizabeth Carter disponível em http://classics.mit.edu/Epictetus/epicench.html.
Esse é um trabalho de pratica do meu inglês e também para conhecimento maior da Obra de Epicteto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.