Liturgia diária: Natividade de Nossa Senhora – Sexta-feira – 08/09/2017

Primeira leitura: Livro do profeta Miquéias (Mq 5,1-4a)

O Messias virá de Belém – Mas vocês, Belém de Éfrata, tão pequena entre as principais cidades de Judá! É de você que sairá para mim aquele que há de ser o chefe de Israel! A origem dele é antiga, desde tempos remotos. Pois Deus os entrega só até que a mãe dê a luz, e o resto dos irmãos volte aos israelitas. De pé, ele governará com a própria força de Javé, com a majestade do nome de Javé, seu Deus. E habitarão tranquilos, pois ele estenderá o seu poder até as extremidades da terra. Ele próprio será a paz.

Opinião – passagem profética onde se torna publico que o Salvador, na figura de Jesus virá de Belém, a menor das cidades. E Ele irá governar com o apoio de Deus, mostrando que da origem mais humilde vem as maiores conquistas.

Salmo Responsório (Sl 70)

– Exulto de alegria no Senhor

Exulto de alegria no Senhor

– Sois meu apoio deste antes que eu nascesse, desde o seio maternal, o meu amparo: para vós o meu louvor eternamente!

Exulto de alegria no Senhor

– Uma vez que confiei no vosso amor, meu coração, por vosso auxílio, rejubile, e que eu vos cante pelo bem que me fizestes!

Exulto de alegria no Senhor

Opinião – Deus esta conosco desde o momento em que nascemos, e assim que entregamos nosso coração a ele, aceitando a Palavra de Deus, o Conhecimento e Sabedoria que vem com ela, nosso coração se torna mais feliz, mais realizado, e que comemoremos isso sempre.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 1,18-23)

O começo de uma nova história – A origem de Jesus, o Messias, foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. José, seu marido, era justo. Não queria denunciar Maria, e pensava em deixá-la, sem ninguém saber. Enquanto José pensava nisso, o Anjo do Senhor lhe apareceu em sonho, e disse: “José, filho de Davi, não tenha medo de receber Maria como esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e você lhe dará o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados.”

Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Vejam: a virgem conceberá e dará luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emmanuel, que quer dizer: Deus está conosco.

Opinião – Jesus desde a sua concepção já veio para quebrar as regras rígidas da sociedade da época: Por ainda não estar casada, Maria não deveria ter relações e José não deveria receber ela como esposa ela já estando gravida, seria errado aos olhos da sociedade, mas o Anjo do Senhor coloca Conhecimento e Sabedoria diante de José e informa que esse filho será nomeado Jesus por José e assim a trajetória de Jesus mostrar que convenções sociais podem ser importantes mas que devemos lutar contra aquelas que oprimem os povos começa.

O Padre Roger Araújo na homilia de hoje continua com a comemoração da Natividade de Maria, lembrando que Maria é adorada não por ser uma deusa, com poderes, mas sim por sua humildade, pela confiança em Deus e no seu plano. Acrescendo que Maria e José foram exemplos para Jesus, sempre iluminados pelo Espírito Santo, criando e protegendo Jesus de uma maneira que ele também pude-se crescer e concretizar os planos de Deus, de ser o nosso Messias. Que também sejamos um exemplo como Maria e José foram.

Um bom dia a todos.

Fontes

Textos leituras: Bíblia Sagrada – edição Pastoral – Editora Paulus 1990, 65º impressão
Disponível em: http://www.paulus.com.br/biblia-pastoral/_INDEX.HTM

Salmo: Canção nova. Disponível em http://liturgia.cancaonova.com/liturgia/natividade-de-nossa-senhora-sexta-feira/?sDia=8&sMes=09&sAno=2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.