Liturgia Diária: 24ª Semana do Tempo Comum – Sábado – 23/09/2017

Primeira Leitura: Primeira Carta de São Paulo a Timóteo (1Tm 6,13-16)

Diante de Deus, que dá a vida a todas as coisas, e de Jesus Cristo, que deu testemunho diante de Pôncio Pilatos numa bela profissão de fé, eu ordeno a você: guarde o mandamento puro, de modo irrepreensível, até a Aparição de nosso Senhor Jesus Cristo. Essa Aparição mostrará, nos tempos estabelecidos, o Bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, o único que possui a imortalidade, que habita uma luz inacessível, que nenhum homem viu, nem pode ver. a ele, honra e poder eterno, Amém!

Opinião – nessa passagem Paulo instrui não só Timóteo, mas também a todos nós que devemos nos manter atentos e seguindo os mandamentos de Cristo até nos encontrarmos com ele, assim procurando vivermos uma vida correta, direita, e que permita nosso desenvolvimento por completo.

Salmo Responsório (Sl 99)

– Com canto apresentai-vos diante do Senhor!

Com canto apresentai-vos diante do Senhor!

– Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria, ide a ele cantando jubilosos!

Com canto apresentai-vos diante do Senhor!

– Sabei que o Senhor, só ele é Deus. Ele mesmo nos fez, e somos seus, nós somos seu povo e seu rebanho!

Com canto apresentai-vos diante do Senhor!

– Entrai por suas portas dando graças, e em seus átrios com hinos de louvor; dai-lhe graças, seu nome bendizei!

Com canto apresentai-vos diante do Senhor!

– Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, sua bondade perdura para sempre, seu amor é fiel eternamente!

Com canto apresentai-vos diante do Senhor!

Opinião – salmo instrui a não ficarmos sempre ranzinzas ou só mente lembrarmos de Deus nos nossos momentos mais difíceis, devemos sim estarmos junto a ele nos nossos momentos de Alegria também, podemos contar com Deus para nos ajudar, mas não devemos nos esquecer de agradecer a ele quando as coisas estiverem fluindo da maneira que lutamos para conquistar.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 8,4-15)

Uma colheita custosa – Ajuntou-se uma grande multidão, e de todas as cidades as pessoas iam até Jesus. Então ele contou esta parábola: “O semeador saiu para semear a sua semente. Enquanto semeava, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada e os passarinhos foram e comeram tudo. Outra parte caiu sobre pedras; brotou e secou, porque não havia umidade. Outra parte caiu no meio de espinho; os espinhos brotaram juntos e a sufocaram. Outra parte caiu em terra boa; brotou e deu fruto, cem por um.” Dizendo isso, Jesus exclamou: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.”

O mistério da missão de Jesus – Os discípulos perguntaram a Jesus o significado dessa parábola. Jesus respondeu: “Vocês foi dado conhecer os mistérios do Reino de Deus. Mas aos outros ele vem por meio de parábolas, para que olhando não vejam e ouvindo não compreendam.”

Compreender a Palavra nos conflitos – “A parábola quer dizer o seguinte: a semente é a Palavra de Deus. Os que estão à beira do caminho são aqueles que ouviram; mas depois chega o diabo e tira a Palavra do coração deles, para que não acreditem, nem se salvem. Os que caíram sobre a pedra são aqueles que, ouvindo, acolheram com alegria a Palavra. Mas eles não têm raiz; por um momento, acreditam; mas na hora da tentação voltam atrás. O que caiu entre os espinhos são aqueles que ouvem, mas, continuando a caminhar, se afogam nas preocupações, na riqueza e nos prazeres da vida, e não chegam a amadurecer. O que caiu em terra boa são aqueles que, ouvindo de coração bom e generosos, conservam a Palavra e dão fruto na perseverança.”

Opinião – passagem que ensina que temos que não somente ouvir, mas deixar o Conhecimento da Palavra agir em nossas vidas, ouvir, aceitar, entender ele, e deixar essa Sabedoria guiar nossas vidas. Além disso também é um ensinamento sobre onde devemos dirigir nossos esforços: não devemos perder nosso tempo tentando ensinar para aqueles que não querem aprender, ou tentar ajudar os que não querem ser ajudados: até mesmo a Palavra de Deus, o seu Conhecimento e sua Sabedoria, que seriam fáceis de serem compreendidos pois seguem regras naturais (não fazer ao próximo o que você não quer que seja feito a você), ficam perdidos quando são entregues a aqueles que não querem ouvir.

O Padre Roger de Araújo na homilia de hoje trabalhar justamente como podemos tornar nossos corações mais propícios para que a Palavra de Deus floresça em nós.

Um bom sábado à todos.

Textos leituras: Bíblia Sagrada – edição Pastoral – Editora Paulus 1990, 65º impressão
Disponível em: http://www.paulus.com.br/biblia-pastoral/_INDEX.HTM

Salmo: Canção nova. Disponível em https://liturgia.cancaonova.com/liturgia/24a-semana-tempo-comum-sabado/?sDia=23&sMes=09&sAno=2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.