Liturgia Diária: 24ª Semana do Tempo Comum – Quinta-feira – 21/09/2017

Primeira Leitura: Cartão de São Paulo aos Efésios (Ef 4,1-7.11-13)

Unidade na diversidade – Por isso, eu, prisioneiro no Senhor, peço que vocês se comportem de modo digno da vocação que receberam. Sejam humildes, amáveis, pacientes e suportem-se uns aos outros no amor. Mantenham entre vocês laços de paz, para conservar a unidade do Espírito. Há um só corpo e um só Espírito, assim como a vocação de vocês os chamou a uma só esperança: há um só Senhor, uma só fé, um só batismo. Há um só Deus e Pai de todos, que está acima de todos, que age por meio de todos e está presente em todos.
Cada um de nós, entretanto, recebeu a graça na medida que Cristo a concedeu.

Opinião – passagem que mostra como devemos ser uns com os outros, ressaltando que Deus age por nós, em nós e através de nós, portanto se nos desenvolvemos, se aceitamos o Conhecimento da Palavra de Deus, todos nós iremos evoluir.

Salmo Responsório (Sl 18)

– Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!

Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!

– Os céus proclama a glória do Senhor, e o firmamento, a obra de suas mãos; o dia a dia transmite esta mensagem, a noite à noite publica esta notícia!

Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!

– Não são discursos nem frases ou palavras, nem são vozes que possam ser ouvidas; seu som ressoa e se espalha em toda a terra, chega aos confins do universo a sua voz!

Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!

Opinião – não são palavras, não são textos, não são marcações de qualquer tipo que transmitem o Conhecimento de Deus, é uma verdade natural, que se propaga por todo lugar e por toda a vida, bastante a nós aceitarmos ela de coração, não só com nossos olhos, ouvidos ou mentes.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 9,9-13)

Justiça e misericórdia – Saindo daí, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e lhe disse: “Siga-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus. Estando Jesus à mesa em casa de Mateus, muitos cobradores de impostos e pecadores foram e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. Alguns fariseus viram isso, e perguntaram aos discípulos: “Por que o mestre de vocês come com os cobradores de impostos e os pecadores?” Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “As pessoas que têm saúde não precisam de médico, mas só as que estão doentes. Aprendam, pois, o que significa: ‘Eu quero a misericórdia e não o sacrifício’. Porque eu não vim para chamar justos, e sim pecadores.”

Opinião – nessa passagem novamente Jesus mostra o lado de sua missão de quebrar as correntes que prendiam a sociedade da época, onde os ‘puros’ não queriam se juntar aos ‘impuros’. Jesus deixou claro que mais do que um sacrifício egoísta nosso, ele quer que tenhamos misericórdia daqueles que precisam dela, que precisam ser salvos, iluminados, guiados para o Caminho da Palavra.

Hoje a homilia do Padre Roger Araújo esta bela e correta em reforçar a imagem de Jesus como o Salvador, que veio retirar o pecado do mundo. Devemos seguir o exemplo de Jesus, e termos a humildade de admitirmos nossos pecados e procurar corrigir os mesmos.

Uma boa noite a todos.

Textos leituras: Bíblia Sagrada – edição Pastoral – Editora Paulus 1990, 65º impressão
Disponível em: http://www.paulus.com.br/biblia-pastoral/_INDEX.HTM

Salmo: Canção nova. Disponível em http://liturgia.cancaonova.com/liturgia/24a-semana-tempo-comum-quinta-feira/?sDia=21&sMes=09&sAno=2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.