Liturgia diária: 23ª Semana do Tempo Comum – Sábado – 16/09/2017

Primeira Leitura: Primeira Carta de São Paulo a Timóteo (1Tm 1,15-17)

Esta palavra é segura e digna de ser acolhida por todos: Jesus Cristo veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o primeiro. Mas exatamente por causa disto eu obtive misericórdia: Jesus Cristo quis demonstrar toda a sua generosidade primeiramente em mim, como exemplo para os que depois iriam acreditar nele, a fim de terem a vida eterna.

Ao rei dos séculos, ao Deus incorruptível, invisível e único, honra e glória para sempre. Amém!

Opinião – Essa passagem ilustra como a missão de Cristo foi de salvar, não julgar, aqueles que erravam, que pecavam. Jesus veio para nos salvar principalmente como um exemplo de vida, uma maneira de termos um norte, uma direção em nossas vidas para garantir que vivamos elas plenamente e corretamente, assim desfrutando de uma vida eterna, não atemporal, mas eterna pelos frutos que colheremos dela.

Salmo Responsório (Sl 112)

– Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre!

Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre!

– Louvai, louvai, ó servos do Senhor; louvai, louvai, o nome do Senhor! Bendito seja o nome do Senhor, agora e por toda a eternidade!

Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre!

– Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! O Senhor está acima das nações, sua glória vai além dos altos céus.

Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre!

– Quem pode comparar-se ao nosso Deus, que se inclina para olhar o céu e a terra? Levanta da poeira o indigente e do lixo retira o pobrezinho.

Bendito seja o nome do Senhor, agora e para sempre!

Opinião – salmo de louvor, mostrando a grandeza do Senhor, que observa de cima o céu e a terra, e também sua bondade, ajudando sempre o necessitado, sendo assim devidamente sempre louvado.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas (Lc 6,43-49)

Os atos revelam a pessoa – “Não existe árvore boa que dê frutos ruins, nem árvore ruim que dê frutos bons; porque toda árvore é conhecido pelos seus frutos. Não se colhem figos de espinheiros, nem se apanham uvas de plantas espinhosas. O homem bom tira coisas boas do bom tesouro do seu coração, mas o homem mau tira do seu mal coisas más, porque a boca fala daquilo de que o coração está cheio.”

Passar para a ação – “Por que vocês me chamam: ‘Senhor, Senhor!’,  não fazem o que eu digo? Vou mostrar a vocês com quem se parece todo aquele que ouve as minhas palavras e as põe em prática. É semelhante a um homem que construiu uma casa: cavou fundo e colocou o alicerce sobre a rocha. Veio a enchente, a enxurrada bateu contra a casa, mas não conseguiu derruba-la, porque estava bem construída. Aquele que ouve e não põe em prática, é semelhante a um homem que construiu uma casa sobre a terra, sem alicerce. a enxurrada bateu contra a casa, e ela imediatamente desabou; e foi grande a ruína dessa casa.”

Opinião – essas passagens demonstram que não basta ouvirmos a Palavra de Deus, temos que por ela em prática em nossas vidas, realmente seguir o exemplo de Jesus no nosso dia a dia, não somente naquela única hora da semana onde nos reunimos, temos que ser cristões o tempo todo, sempre buscando o bem, o desenvolvimento pleno nosso e da nossa comunidade conosco.

Na homilia de hoje o Padre Roger Araújo trata da importância de cuidarmos do nosso interior, garantir que todo mal pensamento ou emoção que surja nele seja mitigado, para evitar que do nosso interior sejam produzidor frutos que jogamos no mundo exterior.

Uma boa noite a todos.

Textos leituras: Bíblia Sagrada – edição Pastoral – Editora Paulus 1990, 65º impressão
Disponível em: http://www.paulus.com.br/biblia-pastoral/_INDEX.HTM

Salmo: Canção nova. Disponível em https://liturgia.cancaonova.com/liturgia/23a-semana-tempo-comum-sabado/?sDia=16&sMes=09&sAno=2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.