Atualizando de IDE para AHCI

“Em casa de ferreiro espeto é de pau” – Ditado Popular

Fazendo jus ao ditado acima, mesmo trabalhando com informática (T.I) no dia a dia, meu PC de casa é um exemplo de mau uso: drivers desatualizados, arquivos jogados para todo lado, uma ZONA. Resolvi mudar isso.

Comecei checando minha B.I.O.S e suas configurações e logo de cara notei que meu modo de acesso aos HD´S estava como IDE, sendo que o ideal para desempenho é utilizar o modo AHCI, porém mudar de um para o outro faz com que o Windows não consiga mais inicializar, mas eu não estou com vontade de reinstalar os meus Windows ( 7 e o Preview do 10) então fiz o que todo profissional de informática faria: perguntei ao Google.

Entre as diversas respostas, encontrei que utilizar o pacote de correção da  Microsoft Fixit50470 seria a maneira mais rápida e pratica de fazer isso. Então fiz os seguintes passos:

  1. Baixei e executei o pacote da Microsoft
  2. Mandei o Windows reiniciar o computador
  3. Entrei na B.I.O.S e mudei o modo de acesso aos discos rígidos de IDE para AHCI
  4. Salvei as alterações e reiniciei o computador (com os dedos cruzados)
  5. O Windows carregou normalmente e logo apos terminar os processos de LogOn (Antivirus e etc) informou que havia instalado um novo hardware e pediu para reiniciar novamente, concordei (ainda com os dedos cruzados)
  6. Após ele iniciar normalmente estava tudo normal (descruzei os dedos)

Fui até o Painel de Controle, Gerenciador de Dispositivos e lá estava o meu novo controlador AHCI instalado.

Driver AHCI Microsoft

Driver AHCI Microsoft

Tarefa finalizada? Não. No provedor do driver, como da para ver na figura, aparece que é um driver próprio da Microsoft, bem genérico e isso normalmente não fornece o melhor dos desempenho, os drivers dos fabricantes geralmente fornecem opções a mais ou um melhor desempenho, então decidi que iria atualizar o driver para o do fabricante do meu chipset, nesse computador é a AMD. Mas eu já não lembrava qual era exatamente o meu modelo de chipset.

Para analisar rapidamente a minha maquina e relembrar qual era o modelo exato do chipset, pois isso é necessário para baixar o driver correto do site da fabricante, utilizei o CPU-Z. Após baixar o mesmo e executar ele, fui na aba Mainboard e lá estava meu chipset: 790GX conforme a foto abaixo

Aba Mainboard no CPU-Z

Aba Mainboard no CPU-Z

Munido do modelo exato do meu chipset eu já pode ir ao site da AMD e baixar o driver correto para ele, no caso foi o Catalyst OMEGA Driver 14.12-sb-sata-ahci.

Mas antes de instalar ele decidi rodar alguns testes de desempenho de disco para ver se o driver da fabricante seria realmente que o driver da Microsoft, utilizei para isso o programa ATTO Disk Benchmark e rodei ele em uma partição de cada um dos discos rígidos que eu tenho em meu computador, o C: é a partição principal do Windows 7 e esta em um disco rígido Seagate ST310005 28AS SATA; o E: é uma partição em um SSD Intel 530 onde eu tenho instalado o Windows 10 Preview Edition; o Y: é uma partição em um disco rígido Western Data WD10 EARS-00Y5B1

C: Driver Microsoft

C: Driver Microsoft

E: Driver Microsoft

E: Driver Microsoft

Y: Driver Microsoft

Y: Driver Microsoft

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Após rodar os testes e documentar eles, instalei o driver da AMD e reinicie a maquina conforme pedido pelo instalador. Após reiniciar foi a vez do Windows pedir para reiniciar, e assim o fiz.

Depois das duas reinicializações, esperei novamente o windows terminar de carregar todos os programas que sobem com ele e rodei novamente os testes de desempenho:

C: Driver AMD

C: Driver AMD

E: Driver AMD

E: Driver AMD

Y: Driver AMD

Y: Driver AMD

Conclusão: os números de desempenho apresentaram melhoras porém nada gritante, mas a sensação de uso e velocidade do PC melhorou, o Windows passa menos tempo ‘pensando’ agora, então vamos as conclusões que cheguei após essa experiencia:

  1. Sempre verifique as configurações do seu computador, mesmo você tendo conhecimento e estando calejado, alguns por menores podem passar despercebidos
  2. O HD Western Digital é bem mais lento que o HD Seagate, porém ambos apanham demais do SSD
  3. Atualizem seus drivers, sempre tendo um backup em mãos para caso as coisas deem errado

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.