Manual de Epicteto – Enchiridion – 51

LI. O primeiro e mais necessário tópico em filosofia é a utilização de teoremas morais, tais como, “Nós não devemos mentir” o Segundo é o de demonstrações, tais como, “Qual é a origem da nossa obrigação em não mentir” Já o terceiro da força e articulação aos outros dois, tais como “Qual é a origem disto que é uma demonstração”.

Para o que é a demonstração?

Qual é a consequência?

Qual contradição?

Qual verdade?

Qual falsidade?

O terceiro tópico, portanto, é necessário por causa do Segundo, e o Segundo por causa do primeiro.

Mas o mais necessário, e, portanto, aquele pelo qual devemos o restante, é o primeiro

Mas nós agimos justamente ao contrario

Pois nós gastamos todo nosso tempo no terceiro tópico, e aplicamos nossa diligência neste, e ignoramos completamente o primeiro.

Portanto, no mesmo momento em que mentimos, estamos imediatamente preparados para mostrar como é demonstrar que mentir não é correto.

N.T: tradução minha a partir do texto de Elizabeth Carter disponível em http://classics.mit.edu/Epictetus/epicench.html.
Esse é um trabalho de pratica do meu inglês e também para conhecimento maior da Obra de Epicteto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.