Manual de Epicteto – Enchiridion – 41

XLI. É característico das nossas vontades gastarmos muito tempo em coisas relacionadas ao nosso corpo, tais como exercícios prolongados, comendo e bebendo, e na realização de outras funções animais. Estes devem ser feitos de maneira incidental e leve, e toda nossa atenção deve ser dirigida aos cuidados de nosso entendimento.

Opinião – uma característica aqui é a valorização do intelecto e a desvalorização ou menor importância para o nosso corpo físico. Humildemente discordo com essa passagem, claro que não devemos atender somente as vontades corporais, animais de nossos corpos, e que devemos também utilizar nosso tempo para o desenvolvimento  e melhoria de nossas mentes, mas acredito que o equilíbrio, uma mente sã em um corpo são é o melhor caminho aqui. Equilíbrio em tudo é sempre uma boa maneira de se garantir o caminhar pelo caminho correto.

N.T: tradução minha a partir do texto de Elizabeth Carter disponível em http://classics.mit.edu/Epictetus/epicench.html.
Esse é um trabalho de pratica do meu inglês e também para conhecimento maior da Obra de Epicteto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.