Manual de Epicteto – Enchiridion – 38

XXXVIII. Quando caminhamos, tomamos cuidado de não pisarmos em um prego ou torcermos nossos pés; da mesma maneira tenhamos cuidado para não machucarmos as nossas mentes. E, se for necessário nos protegermos em todas as nossas ações, nós devemos enfrentar todas as ações da maneira mais segura possível.

Opinião – aprendemos a proteger nossos corpos, mas por vezes esquecemos que devemos proteger nossas mentes também, evitando situações que em vez de proporcionar o desenvolvimento da nossa mente, trazem somente males ao nosso intelecto.

N.T: tradução minha a partir do texto de Elizabeth Carter disponível em http://classics.mit.edu/Epictetus/epicench.html.
Esse é um trabalho de pratica do meu inglês e também para conhecimento maior da Obra de Epicteto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.