Manual de Epicteto – Enchiridion – 14

XIV. Se você deseja que seus filhos, sua esposa, e seus amigos vivam para sempre, você é um tolo; pois você deseja controlar coisas que você não pode controlar, e você deseja por coisas que pertences a outras pessoas como se fossem suas. Portanto, se você desejar que seu funcionário não tenha falhas, você é um tolo; pois você deseja que o vicio não seja um vicio, mas algo mais. Exercite, portanto, o que esta sob o seu controle. Um homem é mestre de todas as outras pessoas quando é capaz de conferir ou remover tudo que uma pessoa deseja ter ou evitar. Qualquer um, então, poderia ser livre, não desejando nada, não negando nada, que dependa dos outros do contrario ele seria necessariamente um escravo.

Opinião – trecho que passar novamente o ensinamento básico do estoicismo: não devemos desejar, evitar ou procurar possuir aquilo que não esta sob o nosso controle. quando tentamos controlar algo que simplesmente não podemos, estamos nos tornando escravos das nossas vontades, gastando energia em algo que não trará frutos para nós.

N.T: tradução minha a partir do texto de Elizabeth Carter disponível em http://classics.mit.edu/Epictetus/epicench.html.
Esse é um trabalho de pratica do meu inglês e também para conhecimento maior da Obra de Epicteto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.