Faça a coisa certa, agora

Em tempos de incerteza, quando uma decisão de grande impacto se aproxima, nós geralmente agonizamos em como seguir em frente. Nós temos uma ideia de onde queremos estar em cinco, dez, vinte anos no futuro, e que nos queremos ter certeza que nossa escolha ire levar para uma coisa, que então ira levar a outra coisa, que então ira finalmente nos levar ao nosso futuro desejado.  

O que seria ótimo se a vida fosse um corredor, longo e reto, onde você pude-se ver o final estando no principio, assim como todas as etapas necessárias a serem realizadas durante o trajeto

Mas em vez disto, a vida é cheia de curvas e reviravoltas, e após cada nova curva ficam problemas que não só você não poderia ter antecipado, mas também possibilidade que você não poderia nem imaginar a partir de sua posição atual. Enquanto você segue em frente, você ira encontrar diversas oportunidades que você não pode nem sonhar no presente momento.

Por exemplo, um estudante esta estressado entre escolher se formar em biologia ou historia, preocupado que nenhuma das suas soam totalmente certas… sem nem imaginar que dentro de alguns anos um aplicativo que ele ira criar por diversão ira desviar todas as suas ambições para uma carreira em tecnologia que ele jamais imaginou.

É sem sentido portanto ficar paralisado tentando planejar um curso no mapa da vida… quando os seus contornos aparentemente estáticos logo se tornarão um fluxo 

Planejamento pode ser útil, mas não precisamos ver diversos passos a frente para tomarmos uma decisão. De fado, tomar uma ação, mesmo em uma escolha que não pareça a ideal, é a única maneira para que opções melhores e adicionais surjam.

Você não precisa fazer uma escolha que ira funcionar para você indefinidamente. Você só precisa fazer uma escolha que ira te levar para depois da próxima curva.

Você precisa escolher a coisa certa, somente para agora.

Essa é uma tradução minha de um texto que eu li em https://www.artofmanliness.com/articles/sunday-firesides-do-the-right-thing-for-right-now/?mc_cid=ac7a931789&mc_eid=bec7224a56, de autoria a de Brett & Kate McKay, visando espalhar a ideia muito boa do texto e praticar meu inglês. Todos os direitos são dos autores do texto original.

Simplesmente Resolva o Problema!

CheckListInteressante ‘metolodogia’ que J.D Roth do site MoneyBoss discute em um artigo seu, onde por vezes nós ficamos postergando problemas em vez de encara-los de frente e resolve-los.

Basicamente ele propões os seguintes passos para lidar com qualquer problemas que surjam na nossa vida, em poucas palavras deixando de enrolar e simplesmente resolvendo o problema:

  1. Reconheça que o problema existe. Você precisa estar consciente que há um problema presente antes de tentar entender qual é o problema. Algumas vezes é mais fácil falar isso do que realmente fazer. É fácil tornar-se complacente, simplesmente aceitar pois “é assim que as coisas são”. Por exemplo, você pode estar infeliz com a sua situação financeira; você pode descobrir que há algo errado com a maneira com que você lida com o dinheiro.
  2. Identifique o problema. Depois que você reconheceu que as coisas não estão certas, pergunte-se porque. Qual é o problema especifico que esta te deixando infeliz? É mais do que um problema? Usando o exemplo anterior, assim que você entender que você precisa fazer algo diferente com seu dinheiro, você pode descobrir que o que esta de destruindo é a sua divida.
  3. Procure a raiz do problema. Em seguida, tente entender o porque o seu problema existe. Como ele começou? Por que ele continua? Por que ele te deixar infeliz? Com o nosso exemplo financeiro, você descobriria rapidamente que a sua divida existe porque você gastou mais do que ganhou. Mas porque você gastou mais do que você ganhou? Quando você começou a fazer isso? Por que você continua fazendo isso?
  4. Sugira varias soluções. Agora que você identificou o problema ( e a a sua raiz), é hora de descobrir como arrumar as coisas. Essa é a parte divertida. Pense em uma lista de maneiras com as quais você pode superar o problema que esta te incomodando. Para sair das dividas, por exemplo, você pode adotar uma estratégia de duas partes: aumente a sua renda arranjando um segundo emprego enquanto você corta os gastos com as coisas não essenciais temporariamente.
  5. Formule um plano. Assim que você definir a solução para o seu problema, faça um plano para transformar esses sonhos em realidade. Como especificamente você vai fazer a sua solução funcionar? Quais passos você pode executar hoje e amanhã para resolver este problema? Se você esta tentando aparar seu orçamento, você pode rascunhar uma lista de lugares onde você vai cortar os gastos. Então escreva os passos concretos para atingir cada um desses objetivos.
  6. Mãos a obra. O ultimo passo é o mais importante. Para resolver qualquer problema, você deve colocar as mãos a obra. Não adianta de nada você identificar o problema, criar varias soluções, e formular um plano se você não vai executar o trabalho necessários para arrumar as coisas. Você jamais eliminará suas dividas se tudo o que você faz é ficar repetindo a si mesmo que você tem que gastar menos. Você tem que realmente gastar menos para eliminar o problema.

Gostei dessa ‘metodologia’ pois é simples, direta e serve para diversas situações da vida, não só financeiras, mas qualquer problema pode ser encaixado nesse ‘fluxo’ de resolução, com os passos podendo demorar mais ou menos dependendo da complexidade e tamanho do problema.

Fontes:

Vi o link no RockstarFinance e depois li e traduzi as partes principais do artigo direto do site MoneyBoss.

Comece com o que você já tem/sabe

Crise” parece ser a palavra da vez, alguns acreditando nela e outros desmentindo ela, mas com certeza é uma das palavras que mais esta sendo usada atualmente, seja no Brasil, seja no Mundo. Nesses períodos normalmente nosso poder aquisitivo diminui e por vezes muitos perdem seus empregos e suas fontes de renda, porém existe também o outro lado dessa moeda, onde muitos dizem que são nas crises que aparecem as grandes oportunidades, e aqui eu vou passar a mensagem que li sobre isso em um artigo gringo que mostra como podemos usar melhor nosso tempo livre para iniciarmos novos projetos, que podem ser muito uteis havendo ou não a chamada “crise”. Continue lendo

Economia de 300 + um erro igual multas milionarias

PlanejamentoPlanejar é preciso em todas as áreas, seja da vida pessoal ou profissional, pois do contrario não temos como nos preparar para as ocorrências e percalços do caminho e nem entendermos se os resultados encontrados são aqueles que realmente queremos. Nesse artigo irei mostrar a historia real de onde uma economia de 300 Libras anualmente gerou uma multa de mais de 100 milhões de Euros a um banco e criou a possibilidade de derrubar todo o sistema monetário do planeta.

Continue lendo